NOTICIA

Avaliação in loco: Inep ultrapassa marca de mil avaliações em maio

14/06/2022 10:16

Esta é a primeira vez que o Instituto realiza mais de mil avaliações in loco em um mês. O sucesso é fruto da implementação do modelo virtual


Pela primeira vez, em maio de 2022, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) realizou mais de mil avaliações in loco (1.096) de instituições de educação superior e cursos de graduação em um mesmo mês. Desse total, 975 visitas foram realizadas na modalidade virtual e 121, na presencial, que avalia os cursos de graduação em medicina, odontologia, enfermagem e psicologia.

No período entre janeiro e a última quinta-feira, 9 de junho, o Inep finalizou 2.632 avaliações. O balanço representa o número de visitas realizadas para avaliação de instituições e cursos de graduação. Até o final de 2022, já estão confirmadas 4.595 visitas in loco — virtuais e presenciais.

Para o presidente do Inep, Danilo Dupas, o modelo é um marco para a educação superior, que se consolidou como um case de sucesso do Inep no âmbito da avaliação do ensino superior brasileiro. “Desde sua implementação, a avaliação virtual tem permitido resultados inéditos ao processo de avaliação e credenciamento de instituições e cursos de graduação”, lembrou.

De acordo com o diretor de Avaliação da Educação Superior (Daes) do Inep, Alvaro Parisi, a instituição da avaliação virtual in loco foi fundamental para o sucesso dos números. “ É muito importante esclarecer que a dedicação da equipe responsável pelas avaliações fez toda a diferença para esse resultado. Estão todos empenhados em continuar aumentando a celeridade dos processos e, ao mesmo tempo, manter a qualidade do trabalho entregue para a sociedade”, pontuou.

O modelo virtual foi implementado pelo Instituto em abril de 2021, com o objetivo de dar seguimento aos processos avaliativos das instituições de educação superior durante a pandemia de covid-19. Pouco mais de um ano depois, no dia 24 de maio, o Plenário do Senado Federal aprovou a Medida Provisória (MP) 1.090/2021, que inclui a autorização para o Ministério da Educação (MEC), por meio do Inep, realizar visitas virtuais a fim de avaliar cursos de graduação da educação superior.

“A medida, aprovada pela Câmara Federal e pelo Senado, marcou uma importante vitória para o Instituto, fruto do empenho da atual gestão, que, desde o início, atua junto às autoridades do Poder Legislativo para a manutenção do sistema de avaliação vigente, de modo não presencial, assegurando mais celeridade e eficiência no processo”, ressaltou o presidente do Inep, Danilo Dupas. Com a aprovação, o texto seguiu para sanção presidencial. A MP aprovada permite a realização das avaliações virtuais, com exceção dos cursos de medicina, psicologia, odontologia e enfermagem.

De acordo com a coordenadora-geral de Avaliação dos Cursos de Graduação e Instituições de Ensino Superior da Daes, Helena Albuquerque, o Inep ainda tem uma quantidade expressiva de avaliações para realizar, muito em função da paralisação das atividades por conta da pandemia de covid-19. “Esse marco histórico é importante para vencermos esse passivo e mantermos a agilidade da tramitação dos processos no futuro, tendo em vista que a etapa da avaliação é uma importante fase do processo regulatório da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (Seres/MEC)”, lembrou.

Outro ponto importante do processo avaliativo é a disponibilidade dos avaliadores para realizarem as visitas, tanto virtuais quanto presenciais. Dessa forma, o Inep tem buscado conscientizar as instituições de educação superior quanto à liberação dos seus docentes para serem avaliadores do Inep. Atualmente, o Instituto conta com 11.243 profissionais cadastrados no Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (BASis), sendo 7.608 habilitados a realizarem avaliações.

Transparência – Dando continuidade às ações de fortalecimento da transparência ativa do Inep, na última sexta-feira, 10 de junho, o presidente do Instituto, Danilo Dupas, juntamente com o diretor da Daes, Álvaro Parisi, e da coordenadora-geral de Avaliação dos Cursos de Graduação e Instituições de Ensino Superior do Inep, Helena Albuquerque, apresentou, para associações e entidades da educação superior, o balanço da Avaliação in loco.

A explanação ocorreu durante a tradicional reunião mensal de apresentação dos dados da avaliação para as entidades. Também estiveram presentes no encontro a presidente da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes), Ana Maria Ferreira de Mattos Rettl, e a equipe técnica da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (Seres/MEC), que prestaram diversos esclarecimentos sobre o Sistema e-MEC. Além disso, também se comprometeram em inaugurar o novo e-MEC em agosto.

Na ocasião, Danilo Dupas agradeceu o apoio do ministro da Educação, Victor Godoy, e toda a equipe da Seres nos trabalhos voltados para a avaliação in loco. De acordo com o presidente do Inep, todos os esforços reunidos foram fundamentais para o sucesso das avaliações.

Saiba mais sobre a Avaliação in loco

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Inep


4ª Conae debate a respeito de políticas educacionais brasileiras para os próximos 10 anos

02/12/2022 07:59

Definido o cronograma do Censo Superior 2022

02/12/2022 07:54

Comissão de Ciência e Tecnologia aprova Geração Distribuída nas Universidades

02/12/2022 07:52

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.