NOTICIA

CNPq e MCTI lançam chamada de R$ 50 milhões para as áreas de humanas

22/08/2022 12:34

Com recursos do FNDCT, a iniciativa vai apoiar projetos de pesquisa nas áreas de Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas e Linguística, Letras e Artes.


OConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) apresentaram nessa quinta-feira (18) a Chamada CNPq/MCTI/FNDCT Nº 40/2022 – a Chamada Pública Pró-Humanidades - Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Humanidades. A Chamada foi apresentada numa live no canal do Youtube do CNPq.

Participaram do evento o ministro do MCTI, Paulo Alvim, o presidente do CNPq, Evaldo Vilela, o diretor de Engenharias, Ciências Exatas, Humanas e Sociais do CNPq, Carlos Alberto Pereira dos Santos; e a Diretora de Cooperação Institucional do CNPq, Zaira Turchi.

O edital no valor de R$ 50 milhões vai apoiar projetos de pesquisa e inovação nas áreas de Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas e Linguística, Letras e Artes. Os recursos são do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).

O objetivo do edital é apoiar projetos de pesquisa que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento e inovação do País nas grandes áreas de Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas e Linguística, Letras e Artes, orientados à produção de conhecimento científico inovador para o enfrentamento de grandes desafios e problemas nacionais e para o desenvolvimento social, econômico, científico e cultural da sociedade brasileira, em especial de populações em situação de vulnerabilidade.

O ministro do MCTI explicou que o fomento do CNPq/MCTI é fundamental para o país que precisa de mais ciência, de mais tecnologia.  Para ele é por meio desse incentivo que o país irá alcançar o desenvolvimento mais inclusivo e sustentável.  Para o presidente do CNPq/MCTI, a chamada é importante para contribuir para ampliar a empregabilidade desses jovens doutores no Brasil.

O Presidente do CNPq, Evaldo Vilela, ressaltou que a chamada era esperada pela comunidade científica e foi construída com a cooperação com os pesquisadores, com fóruns das áreas de humanas, com a Academia Brasileira de Ciência (ABC) e com a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). E lembrou que a iniciativa resgata a ação que o CNPq já realizou anteriormente, especificamente para área de ciências sociais.

O secretário de Pesquisa e Formação Científica do MCTI explicou que o lançamento dessa chamada mostra o trabalho feito de forma integrada.  Para ele a chamada mostra a atenção eu o ministério vem dando as ciências sociais.  

Os projetos submetidos deverão ser inseridos em uma das seis linhas de pesquisa.

Linha 1 – Pesquisa em temas livres em Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas e Linguística, Letras e Artes;
Linha 2 – Impacto das novas tecnologias nas atividades humanas;
Linha 3 – Políticas públicas para o desenvolvimento humano e social;
Linha 4 – Políticas públicas para a inovação e para o desenvolvimento econômico sustentável;
Linha 5 – Políticas públicas para a promoção da cultura e
Linha 6 – Comunicação pública/Divulgação científica.

Data limite para submissão das propostas 03/10/2022.  Acesse a Chamada Pública na íntegra neste link.

Fonte: CNPq


MEC divulga datas de inscrição para Prouni, Fies e Sisu de 2023; confira calendários

29/11/2022 12:38

IV Conferência Nacional de Educação - CONAE 2022 - Inclusão, Equidade e Qualidade: compromisso com o futuro da educação brasileira

29/11/2022 12:24

Pós-Graduação: Presidente da CAPES nomeia os coordenadores das 49 áreas de avaliação

29/11/2022 12:02

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.