NOTICIA

Inep apresenta balanço da Avaliação in loco

22/12/2021 16:55

Foram realizadas 3.529 visitas em 2021. Dados foram apresentados em reunião com Ministério da Educação (MEC) e associações da educação superior

Na manhã desta última segunda-feira, 20 de dezembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apresentou para associações e entidades da educação superior o balanço da Avaliação in loco, nas modalidades virtual e presencial, em 2021. Até o dia da apresentação, foram realizadas 3.529 visitas, sendo 2.962 na modalidade on-line e 567 na presencial, que englobam os cursos de medicina, odontologia, enfermagem e psicologia.

Os dados foram apresentados pelo presidente do Inep, Danilo Dupas, e pela diretora substituta de Avaliação da Educação Superior, Helena Albuquerque. O secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (Seres/MEC), Paulo Roberto Araújo de Almeida, e sua equipe também participaram da reunião.

Para o presidente do Inep, Danilo Dupas, os números são positivos e mostram o impacto da avaliação virtual no processo de credenciamento das instituições. “Quando assumi o Inep, diversas avaliações não ocorreriam, mas conseguimos esses resultados com todo o trabalho da equipe do Instituto”, destacou. “Tivemos um ano muito atribulado, mas também com muitos êxitos”, completou Dupas.

Paulo de Almeida, secretário da Seres/MEC, parabenizou a equipe do Inep pelos resultados. “Parabéns, presidente Danilo e equipe, pelos números apresentados. Não é nenhuma surpresa [o resultado], sabendo da competência de vocês e do esforço empenhado”, pontuou.

Até o final do primeiro semestre de 2022, a Autarquia espera realizar 7.704 visitas. Esse número inclui os processos de reconhecimento de curso e de primeiro recredenciamento, atos de entrada que iniciaram a fase Inep entre abril e setembro de 2021 e as avaliações presenciais dos cursos da área da saúde.

O Inep atualizou o contrato com a Microsoft, que permite utilizar até 200 salas virtuais simultaneamente. Isso possibilitará ao Instituto trabalhar com números semanais mais altos, podendo chegar a 800 visitas por mês, principalmente no caso dos processos que deixaram de estar sobrestados pela Portaria n.º 446/2021.

Capacitação – Também foram apresentados os números referentes à formação dos avaliadores. O Instituto capacitou 5.925 profissionais para a avaliação virtual, no período de abril a novembro de 2021. Além disso, em agosto, foi iniciada a capacitação dos profissionais selecionados por meio do Edital n.º 73/2020 que não tinham sidos integrados. Até o final de dezembro, serão 347 novos avaliadores aprovados e integrados ao banco. Já o treinamento para o trabalho nos colegiados da Comissão Técnica de Acompanhamento da Avaliação (CTAA) capacitou 95 membros.

Danilo Dupas pontuou que a capacitação dos profissionais possibilita a formação de uma base que permite ao Inep ter sempre avaliadores à disposição, com mais gestão sobre o rendimento desses profissionais. “Isso vai ser importante para reanalisar os avaliadores antigos que estão no banco e, no cotidiano, observar seu rendimento e sua performance no processo de avaliação”, explicou. Dupas também pontuou que os avaliadores com rendimento não satisfatório serão substituídos, por meio de processo transparente.

Como presidente da CTAA, Danilo Dupas tem participado ativamente do colegiado e acompanha, mensalmente, as reuniões dos coordenadores do subcolegiado da comissão. “Com relação ao rendimento, a Seres tem participado dessas reuniões, o que gera um bom relato dessa sinergia de prestação de contas”, explicou o presidente da Autarquia.

Próximos passos – Em 2022, o Inep continuará com o trabalho de sensibilização dos avaliadores para comissões simultâneas e a manutenção da atualização do Guia da Avaliação Virtual in loco e dos ambientes de formação continuada dos avaliadores, bem como dos procuradores institucionais. As atividades de capacitação dos avaliadores serão mantidas e modernizadas.

Avaliação in loco – O Inep é responsável pela avaliação externa in loco de instituições de educação superior e cursos de graduação. O objetivo é garantir a qualidade do ensino ofertado nesse nível educacional, além de ser um dos pilares avaliativos constantes na Lei do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O processo se baseia nos referenciais básicos para as regulações e as supervisões da educação superior.

O Instituto iniciou a avaliação externa virtual in loco no dia 26 de abril de 2021, utilizando a mesma metodologia da avaliação presencial e mantendo o mesmo rigor acadêmico, técnico e metodológico das análises institucionais e de cursos de graduação.

As avaliações também servem como subsídio para a informação, por parte da sociedade, sobre a qualidade do ensino superior ofertado no Brasil. A avaliação institucional ocorre para que as instituições possam ser credenciadas ou recredenciadas, conforme decisão do MEC. Do mesmo modo, o processo avaliativo dos cursos acontece para que as graduações ofertadas possam ser autorizadas, reconhecidas, assim como ter renovação de reconhecimento conferida ou ainda transformação de organização acadêmica.

Saiba mais sobre a Avaliação in loco

Confira a Portaria n.º 446

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Inep


Nota Oficial: Restrições orçamentárias e financeiras impostas à CAPES

07/12/2022 08:44

ABRUC, COMUNG, ACAFE e SINDIMAN se reuni com o Grupo de Trabalho da Educação, da Equipe de Transição

07/12/2022 08:41

Estudos Educacionais: Pesquisa Inep aborda educação superior, nesta quarta (7), às 15h

07/12/2022 08:38

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.