NOTICIA

MEC inicia nova fase de atualização do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia

25/06/2021 14:20

A iniciativa faz parte da ação Novos Caminhos para o fortalecimento da política de Educação Profissional e Tecnológica no país.


A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC) iniciou a fase de capacitação dos coordenadores que atuarão na atualização do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia (CNCST). A iniciativa visa contextualizar os profissionais que coordenarão cada um dos 13 eixos tecnológicos, que compõem o CNCST, em relação aos elementos e diretrizes propostos para a execução dos trabalhos. O processo de atualização do catálogo faz parte da ação Novos Caminhos e tem o intuito de fortalecer a política de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) no país.

Os coordenadores dos grupos de trabalho deverão contribuir na definição de referenciais e procedimentos para a atualização do documento. Além disso, coordenarão as atividades relacionadas aos eixos tecnológicos, examinando propostas de alteração relativas a questões estruturais do instrumento, à inclusão de cursos e à atualização dos perfis profissionais, bem como também da carga horária, campos de atuação e demais dispositivos relativos aos cursos superiores de tecnologia. “A capacitação ocorre durante 3 dias e irá abordar temas como o histórico do catálogo, a visão do mundo do trabalho e o papel desempenhado pelo MEC, como agente regulador”, explica a diretora de Políticas e Regulação da Educação Profissional e Tecnológica, Marilza Regattieri.

Esse processo de atualização da edição vigente do CNCST tem como proposição a construção participativa do novo documento, reforçando a importância do alinhamento dos cursos superiores de tecnologia às demandas socioeconômicas e às inovações tecnológicas. “A Setec está desempenhando o papel de sistematizar, orientar e regularizar as metodologias utilizadas na atualização do catálogo, buscando estratégias para tornar esse instrumento mais flexível, a fim de acompanhar a dinâmica do mundo do trabalho”, afirmou o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Wandemberg Venceslau.

Outro fator utilizado para garantir a eficiência tanto na construção como na finalização do CNCST é a adoção de medidas que garantam a representatividade da pluralidade de atores da EPT: instituições representativas do setor produtivo e dos trabalhadores, conselhos profissionais, instituições ofertantes de educação profissional e tecnológica, entre outros. 

Meta do programa Novos Caminhos é alcançada

O programa Novos Caminhos possui como eixo estratégico de Gestão e Resultado o fortalecimento da Educação Profissional e Tecnológica, por meio do aprimoramento do modelo de planejamento e governança. Essa atuação prevê a atualização dos catálogos nacionais de cursos, que são os documentos referenciais para as instituições de ensino, estudantes, educadores e sociedade sobre os perfis dos profissionais, campos de atuação e outras informações importantes sobre a oferta dos cursos.

Para o alcance dessa meta, o MEC já finalizou a atualização do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT) e tem coordenado, por meio da Setec, os trabalhos para atualizar a 3ª edição do CNCST.

Começa nesta terça-feira (7) o prazo para complementar inscrições do Fies postergadas para o 1º semestre de 2023

08/02/2023 10:03

Enade: Recurso à análise de dispensa de prova é até 10/2

08/02/2023 10:00

CNPq abre inscrições para 43ª Edição do Prêmio José Reis de Divulgação Científica e Tecnológica

07/02/2023 11:42

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.