CLIPPING

Projeto inclui educação para a cidadania nos currículos do ensino fundamental

13/06/2022 12:17

  • Proposta do senador Rogério Carvalho busca aumentar a compreensão do exercício da cidadania e convívio social nas escolas e instituições de ensino

Proposta do senador Rogério Carvalho busca aumentar a compreensão do exercício da cidadania e convívio social nas escolas e instituições de ensino
Alexandre Lombardi/Agência Sorocaba


A educação para a cidadania poderá ser incluída nos currículos de alunos a partir do 8º ano do ensino fundamental. Um projeto de lei (PL 1.423/2022) com esse objetivo será analisado pelo Senado. O texto, apresentado pelo senador Rogério Carvalho (PT-SE), altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).


O parlamentar explica que o objetivo do ensino da educação para a cidadania aos jovens é proporcionar a melhoria da sociedade ampliando o conhecimento sobre as competências da União, estados, Distrito Federal, municípios, e o papel dos representantes democraticamente eleitos. A compreensão dos direitos e deveres proporcionados pela democracia, conhecimentos de contratos sociais e direitos fundamentais à vida também fazem parte dos conhecimentos cidadãos.


A LDB é a responsável por disciplinar a educação em escolas e instituições de ensino no Brasil, além de propor orientações para o exercício da cidadania e convívio social. Segundo Rogério, a proposta vai ampliar os objetivos da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em que já estão presentes os textos normativos sobre o Código de Defesa do Consumidor, Código de Trânsito Brasileiro, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e Constituição Federal.


“Para o exercício pleno da cidadania, faz-se necessário que os jovens conheçam seus direitos. Nesse contexto, é fundamental que noções de direitos humanos, direitos e garantias fundamentais, direitos da criança e do adolescente, direitos das relações civis, trabalhistas e consumeristas, da representação política, processo eleitoral e da estrutura do Estado sejam trabalhadas desde a escola a fim de que nossos jovens compreendam melhor as regras que regem o funcionamento da sociedade e do Estado”, declara o senador na justificativa.

O projeto ainda aguarda designação de relator.

Joás Benjamin sob supervisão de Patrícia Oliveira


Fonte: Agência Senado

Veja também

4ª Conae debate a respeito de políticas educacionais brasileiras para os próximos 10 anos

02/12/2022 07:59

Definido o cronograma do Censo Superior 2022

02/12/2022 07:54

Comissão de Ciência e Tecnologia aprova Geração Distribuída nas Universidades

02/12/2022 07:52

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Artigos, notícias e informativos sobre legislação da área da educação



CONTATO

SEPN 516 Norte, Bloco D, Lote 9,

Edifício Via Universitas, 4° andar

CEP 70.770-524 - Brasília - DF

Entrada pela via W2

(61) 3349.3300

(61) 3347.4951

(61) 3030.2200

(61) 9.9370.3311

abruc@abruc.org.br

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT © 2018 ABRUC. A ABRUC não é responsável pelo conteúdo de sites externos.